Barreiro News

Sobre dúvidas e esperança

Crônica Falada desta semana fala sobre os dias incertos dos últimos meses de pandemia.

Por Fabiano Frade
Siga no Instagram: @barreironewsuai
Twitter: @barreironewsuai
Facebook: facebook.com/barreironews

A cada passo, nada é certo.
Pra onde vamos depois desta pandemia?
Pergunta insossa.
Nem Cortella, nem Karnal, nem Átila Iamarino pra responder.
O fato é que tudo vai mal. E que tá difícil viver.
Pan-de-mia separado, pausado para lembrar que, para alguns , o momento é importante pra se reencontrar, para outros , contenção de danos… o que na verdade é.
E como diria o cantor Lenine: enquanto todo mundo espera a cura do mal eu finjo ter paciência, e acrescento: finjo ter esperança, um bom disfarce pra encarar o futuro incerto.

Mas, e as mortes? Mas, e a economia? Mas, e o país? Mas, e…. quer saber? Nós sabemos de nada.

Um novo normal? Como se pudéssemos normalizar o imponderável.

De fato, : depois da pandemia nada e nem ninguém será igual, nem tão diferente assim: talvez transformados?

Que a sociedade saiba que o tapa em um jornalista dói no rosto de cada cidadão.

Veja a crônica em vídeo: AQUI!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.